Dica para uma reforma de sucesso!! Coifa ou depurador? qual escolher?

Atualizado: Ago 10

Coifa e depurador, você sabe qual a diferença?

Nos dias de hoje, a tendência é a ausência de paredes nos ambientes sociais, com os ambientes cada vez mais integrados, cozinha com espaço gourmet, sala de jantar, living e tv no compartilhando do mesmo, e em casos de apartamentos, a lavanderia também esta nesta integração.

Na hora de preparar aquele almoço pode surgir um incômodo, o cheiro da gordura, a fumaça e o calor gerado pelo preparo do alimento. Pensando nisso, o post de hoje será sobre coifas e depuradores, qual é o melhor opção para a sua cozinha?


Muitas pessoas ainda têm dúvida se vale a pena colocar esse equipamento na cozinha ou de qual é a melhor opção. Assim como tudo nos projetos, fazemos uma avaliação no espaço para entender qual a necessidade. Verificamos todas as necessidades, desde a circulação de ar do ambiente, qual os tipos de alimentação que os moradores costumam fazer (sim, isto também é um questionamento que trazemos para os projetos), sua rotina, e seu orçamento. Para acabar de vez com suas dúvidas, fica aqui com a gente até o final e depois nos conta qual é o melhor para você!


Primeiro vamos entender qual é a maior diferença entre uma coifa e um depurador. As coifas têm aquelas chaminés e podem trabalhar no modo exaustor ou depurador, já o depurador não consegue ser instalado como exaustor e pois não tem a chaminé. Mas qual a diferença desses dois modos? O modo exaustão é muito eficiente pois ele tem um motor que faz a absorção da gordura que fica no filtro e os maus odores do ambiente sobem pela “chaminé” e são jogados para fora da residência, além disso, faz a troca do ar quente que está no ambiente e traz o frio. Agora o modo depurador, também filtra a gordura mas não expulsa a fumaça e não faz a troca de ar, os odores passam por um filtro de carvão ativado e são devolvidos para a cozinha, a intenção desse carvão é tirar as impurezas para que o ar volte limpo ao ambiente.



Depurador


O depurador é recomendado quando não há possibilidade de passagem da "chaminé da coifa", ou quando não se utiliza a cozinha com tanta frequência, principalmente com alimentos que exigem fritura, pelo fato de não expulsarem o ar para a fora.

Lembrando eles têm uma necessidade de limpeza maior do que as coifas. Para sua maior durabilidade, é recomendável limpar o filtro regularmente e fazer a troca do carvão ativado.

Agora vamos falar sobre os tipos de coifa mais procuradas no mercado.


Coifa de parede

Esse modelo é o mais comum e apesar de ser tradicional, pode ser encontrado em diversos modelos e com um design mais sofisticado. Se você deseja a instalação no modo exaustor é recomendável contratar a mão de obra de um profissional especializado pois nesse caso é necessário instalar um duto de ar e isso gera alterações na estrutura da cozinha. Agora se quiser com o modo depurador, a instalação pode ser feita por você mesmo, só é necessário seguir corretamente as instruções no manual do fabricante. Mas como sempre, todas essas questões devem ser pensadas e conversadas na hora do projeto com o profissional de interiores.


Coifa de ilha

Essa coifa funciona da mesma forma que a de parede, porém, elas são instaladas no teto, como seu próprio nome já diz elas ficam na ilha, geralmente no meio da cozinha, onde não tem paredes. Nesse modelo é necessário um motor bem potente pois como não há uma parede atrás da coifa que faça o bloqueio do fluxo de ar, a sucção precisa ser bem mais forte. Lembre-se: não é possível instalar um modelo de parede como se fosse de ilha e vice-versa.

Coifa de embutir

A coifa de embutir é uma excelente opção para quem não gosta de eletros aparentes (como falamos da geladeira de embutir nesse post ) e tem preferência por ambientes clean. Se você preferir esse modelo, é importante ressaltar que a marcenaria deve ser planejada pensando nessa coifa que será embutida por conta das suas medidas, principalmente por sua profundidade. Além de todo o planejamento do espaço, é necessário pensar também na abertura para a saída de ar. E assim como dito na coifa de ilha, não existe a possibilidade de comprar uma convencional e embutir na marcenaria, tem quer ser comprada a própria que foi fabricada para esses casos.

Ressaltando que se em sua cozinha não há possibilidade de passar o duto da coifa para modo exaustão, e você não abre mão da estética, pode utiliza-la somente como depurador.


Quando falamos sobre dimensões lembramos da altura ideal para instalar a coifa, cada fabricante específica corretamente a altura a ser instalada, mas geralmente varia de 65 a 75cm, contando a partir dos queimadores. Uma dica: para a melhor performance do seu eletro, ligue-o 5 minutos antes de começar a cozinhar e desligue-o entre 10 e 15 minutos após finalizar tudo.


Assim como todos os eletrodomésticos que existem, as coifas e depuradores são encontradas em diversas marcas, modelos e tamanhos. Vemos que os dois apesar de serem semelhantes, tem funções diferentes e a limpeza de um acaba sendo mais fácil que a do outro, porém, um fator que influencia bastante na hora de comprar o produto é o valor, as coifas têm um custo bem maior que os depuradores. Como se trata de um eletro que melhora a qualidade de vida no ambiente, é legal a gente olhar como uma forma de investimento, pois deixa o local com ar saudável e limpo.


Ahh e se sua cozinha não é integrada a outros ambientes também vale incluir este item a ela, pois mesmo que o ambiente seja separado, a gordura, os odores e o ar quente prevalecerá ali.


Atenção: Ao definir a coifa ou depurador, lembre-se da dimensão do seu fogão e espaço disponível, além de prever pois a passagem elétrica, marcenaria e estrutura para passagem do duto e saída de ar ao optar pela coifa, itens que precisam ser planejada com antecedência.


Agora conta aqui para a gente qual dessas opções se encaixa melhor com a sua necessidade!




46 visualizações6 comentários